Coeur de Lion Magazine

Confirmado: “Coco avant Chanel”

Posted in Fierceness by Coeur de Lion Magazine on 15/04/2009

coco_chanel1

Audrey Tautou interpreta a célebre estilista francesa Coco Chanel.

Abandonada pelo pai quando era criança em um orfanato, educada por freiras que lhe ensinam a arte da costura e onde recebe o apelido “Coco”. Com 20 anos, deixa o internato e tenta procurar emprego no comercio e na dança, porém, sem sucesso.

Com 25, conhece seu primeiro namorado, o rico comerciante de tecidos Etienne Balsan. Três anos depois conhece seu grande amor, o milionário inglês Arthur Boyle, que ajuda a jovem a abrir sua primeira loja de chapéus. Neste relacionamento a moça aprende a frequentar o meio sofisticado de Paris.

Após a morte de seu amado em uma tragédia de carro, “Coco” abre sua primeira casa de costura, onde também vende seus chapéus, além de trajes esportivos para praia e montaria. Aos 38, cria seu primeiro perfume, que a tornaria uma celebridade mundialmente, o nº5, referindo-se a seu número da sorte.

Vitima de preconceito devido a um relacionamento, no final da segunda grande guerra, muda-se para Suíça onde abre um atelier; graças a ex-primeira-dama da época, Jackie Kennedy, que sente verdadeira admiração pelas criações da estilista, começa a aparecer em revistas de moda trajando casacos e sapatos feitos Coco. Retorna a França.

Morre no elegante Hotel Ritz Paris com 87 anos. Em seu funeral centenas de pessoas comparecem levando roupas da grife em sinal de homenagem.

"Coco avant Chanel" (Coco Before Chanel).

"Coco avant Chanel" (Coco Before Chanel).

Sim, é de Gabrielle Bonheur Chanel a quem me refiro ou simplesmente Coco Chanel, que foi uma mulher à frente do seu tempo e reconhecida mundialmente como uma importante estilista. Suas peças até hoje ditam e influenciam a moda mundial. Foi apontada pela revista Time como uma das 100 pessoas mais influentes do século 20; hoje tem sua vida retratada em um filme.

A visionária e batalhadora criadora do império Chanel ganha vida na telona na pele da atriz Audrey Tautou, que atua lindamente interpretando a famosa Mademoiselle em “Coco avant Chanel” (Coco Before Chanel). Karl Lagerfeld também colabora no filme, que promete emocionar desde a truculência ao delírio do amor.

Anúncios

Sessão Chanel Men para GQ Style Magazine

Posted in Fierceness by Coeur de Lion Magazine on 07/04/2009

Magazine: GQ Style
Editorial: Chanel Men
Photographer: Stefan Heinrichs
Model: Jakob Wiechmann

Chanel Mobile Art: o novo conceito em apresentação de arte

Posted in Architecture by Coeur de Lion Magazine on 05/04/2009

Já imaginou um museu que pode viajar pelos quatro cantos do mundo? Normalmente, são as pessoas que têm que ir até os centros de exposições para conhecer a história reunida e preservada em um prédio. Entretanto, a arquiteta Zaha Hadid não pensa dessa maneira; em um projeto revolucionário, o Chanel Mobile Art, a designer produziu um pavilhão móvel  (museu) para a grife francesa Chanel.

Zaha e Lagerfeld no Chanel Mobile Art.

Zaha e Lagerfeld no Chanel Mobile Art.

Ninguém fez isso antes. Ninguém fez um museu que pode viajar. As pessoas tinham que ir até ele. Agora, é o museu que viaja até elas. Isto é, sem dúvidas, um novíssimo conceito“, declarou Karl Lagerfeld, diretor criativo da grife, sobre o Chanel Mobile Art, que é feito em módulos desmontáveis.

Visão frontal do Chanel Mobile Art.

Visão frontal do pavilhão Chanel Mobile Art.

A primeira aparição do projeto “museu ambulante“‘ foi em Hong Kong, de fevereiro a abril de 2008,  depois em Tokio, entre os meses de maio e junho, além de Nova York que recebeu a novidade de Zaha Hadid em setembro do mesmo ano. Em 2009, a próxima chance de conhecer o pavilhão da Chanel Mobile Art será no mês de junho em Londres, em seguida no mês de setembro em Moscou; já em 2010, de janeiro a fevereiro, em Paris.

Chanel Mobile Art em Hong Kong.

Chanel Mobile Art em Hong Kong.

Se você for viajar para estes locais e combinar com as datas da apresentação do pavilhão, não perca a chance de conhecer esta itinerante exposição, que tem entrada gratuita a todos. No programa do museu móvel, cerca de 20 artistas internacionais apresentam seus trabalhos inspirados na história de Mademoiselle Coco Chanel, além de criações únicas do visionário Lagerfeld, que impulsiona a grife sempre a frente de seu tempo.

O Chanel Mobile Art é um evento revolucionário, que une a criatividade de uma das maiores arquitetas contemporâneas, alguns dos nossos artistas mais inovadores e um ícone da moda mundial.

Zaha Hadid’s Architecture Genius

Posted in Architecture by Coeur de Lion Magazine on 05/04/2009
Zaha Hadid

A arquiteta iraquiana Zaha Hadid.

Zaha Hadid – suspira – é uma fantástica arquiteta iraquiana, que ganhou atenção internacional com seus projetos ousados e ultramodernos, seguindo a linha deconstrutivista, que diz, basicamente: pire loucamente na prancheta!

Zaha se formou em Matemática pela Universidade Americana de Beirut, antes de estudar na Architectural Association School of Architecture em Londres. Depois de se graduar ela foi trabalhar com seu antigo professor de desenho, Rem Koolhaas no Office for Metropolitan Architecture (OMA), do qual se tornou parceira em 1977.

Hadid também lecionou em prestigiadas instituições em todo o mundo; ela ocupou a presidência da Kenzo Tange na Escola de Graduação de Design da Universidade de Harvard, a cadeira de presidente da Sullivan na Universidade de Illinois e da Escola de Arquitetura de Chicago; foi convidada para lecionar na Hochschule für Bildende Künste em Hamburgo, na Escola Knowlton de Arquitetura, na Universidade do Estado de Ohio, na Masters Studio da Univesidade de Columbia, em Nova York e na Escola de Arquitetura e Design de Yale. Além disso, ela tornou-se membro Honorária da Academia Americana de Artes e Letras. Atualmente Zaha é professora na Universidade de Artes Aplicadas de Viena na Áustria.

Zaha Hadid foi a primeira mulher a receber o prêmio Pritzkerde de Arquitetura.

Ganhadora de muitas competições internacionais, seus destaques são vários,  como, por exemplo, o The Peak Club em Hong Kong (1983) e o Cardiff Bay Opera House em Wales (1994). Em 2005, ela ganhou uma competição de design do novo Casino de Basel, na Suíça. Ao passo que, em 2004, Zaha Hadid foi a primeira mulher a receber o prêmio Pritzker Architecture, equivalente ao prêmio Nobel.

Em 2008, Zaha ficou na posição 69 no ranrking da Forbes das “100 mulhers mais poderosas do mundo“.

Alguns dos trabalhos de Zaha são conceituais, que incluem projetos já realizados, como o Chanel Mobile Art Pavilion (museu ambulante) em Tókio, Hong Kong, Nova York, Londres, Paris e Moscou (2006-2008). O Nuragic and Contemporary Art Museum em Cagliari, na Itália (2006), CMA CGM Tower em Marcelia, na França, Maggie’s Centre do Hospital Victoria, na Escócia. Outro projeto de Zaha que impressiona são as Dancing Towers para Dubai. Na verdade, são inúmeros os trabalhos da arquiteta ao redor do mundo, incluindo galerias, museus, teatros, parques e outros.

Zaha Hadid esteve no Brasil no meio do ano passado para promover sua parceria com uma grife brasileira – infelizmente, eu perdi essa -. O Melissa + Zaha Hadid é o primeiro sapato criado pela badalada arquiteta iraquiana, que reside em Londres. Uma réplica em três dimensões do modelo decora a fachada da Galeria Melissa, na rua Oscar Freire, em São Paulo.

Dubai Dancing Towers by Zaha Hadid

Dancing Towers: mega projeto para Dubai.