Coeur de Lion Magazine

Cristóbal Balenciaga – O Arquiteto da Haute Couture

Posted in Fierceness by Coeur de Lion Magazine on 20/04/2009

A costura de Cristóbal Balenciaga, estilista espanhol, teve seu início em 1918, chegando a influenciar o próximo século da moda que chegava, com suas dramáticas e esculturais silhuetas. A linha, que esteve adormecida por quase 30 anos, entrou na arena Ready-To-Wear na década de noventa, reproduzindo clássicos looks do minimalismo-obcecado da cena fashion mundial.

Hoje a marca é tão quente como nunca, graças ao avant-gardism futurista diretor criativo Nicolas Ghesquière. Sob sua influência, a grife tornou-se de uma simples casa para uma verdadeira indústria da moda, que influencia as tendências em todos os níveis de mercado.

Alguns dos momentos mais marcantes para Balenciaga incluem as imitáveis robot leggings, reinterpretadas por Ikat, a nova Jodhpur, capacetes de hipismo, experiências ultrajantes com volume e proporção, o fascínio com a ciência-ficção em formas e tecno-tecidos, uma reinvenção do clássico moderno.

As bolsas da grife são um escândalo a parte. Ghesquière sabe como ninguém impressionar com bom gosto, design inovador, tecnologia e sofisticação: simplesmente apaixonante.

Confira a maravilhosa coleção Fall/Winter RTW 2009:

DiorHomme Fall/Winter 2009

Posted in Fashion Shows Seasons by Coeur de Lion Magazine on 03/04/2009

diorhommefw09

Ângulos” foi o conceito que inspirou Kris Van Assche em sua nova coleção DiorHomme Fall/Winter 2009 Ready-to-Wear. Coletes construídos em preto enrugado e paillettes brancos acompanharam a idéia, além do corte triangular nos casacos.

Segundo Kris angularidade é um conceito New Wave, apesar de soar estranho para aqueles que estão acostumados a trajes mais “skinnys” propostos pela DiorHomme. Foi uma surpresa encontrar tantos ecos dos anos 80 durante o show, desde o remix de Malcolm McLaren com seu hino “Deep in Vogue” até as letras garrafais nas camisetas, que foi criado originalmente por Katharine Hamnett e em seguida “roubado” por Frankie Goes em Hollywood para sua coleção de camisetas “Frankie Say Relax“, que é outro referencial de 80.

Outro destaque foram as golas, largas, angulares e sensuais – diga-se de passagem, é uma de minhas grandes paixões -, já a marca registrada foi o jeans preto justíssimo, que, outra vez, diga-se de passagem, é um charme, confortável e fundamental em qualquer guarda-roupa.